• Últimas Notícias

    Qual o deserto de areia mais quente do mundo? E o mais frio?

    Lute_Deserto_Atacama


    Nem todo deserto é quente. Mas os que são, perdem a linha. O Lute, no Irã é o mais quente, e sem dúvida alguma é uma fogueira ardente, enquanto o Atacama é seco e bem frio.

    Quando vem em mente a palavra deserto, você logo pensa em calor. Se você pensa em calor, pensa logo no Deserto do Saara. A dinâmica de pensamento inevitável é essa. Mas vamos desconstruir alguns mitos logo de cara. O Saara, o deserto do Norte da África não é o mais quente do mundo. E sim, existem desertos feitos de areia que são gelados. O conceito de deserto na verdade é bem variado. A Antártica e o Ártico podem ser considerados um tipo de deserto, de gelo já que não chove lá. Logo, é possível muito bem derreter durante o dia e passar mal de frio durante a noite. E isso em normal em qualquer deserto. A explicação; não existe nenhuma vegetação que permita a manutenção do calor. Quando o sol escaldante vai embora, o solo logo libera todo o calor, e o frio vem.

    Tudo bem, mas se o Saara não é o mais quente, quem é então? Trata-se do Deserto de Lute, no atual Irã. No tamanho, ele nem fica entre os dez primeiros, sendo o 25º maior do mundo. As chuvas no local são bem difíceis, embora em suas bordas existam lagos, como o Dasht. Em farsi, o persa moderno, o nome do Deserto é Dasht-e-Lut, ou Deserto Vazio. O nome já é um aviso do que se encontra naquela região, areia e mais areia. Existe até uma lenda local, já que o nome também pode significar "trigo torrado". Ocorre que mercadores deixaram cair uma carga de trigo enquanto passavam por esse deserto. Eles só perceberam tempos depois e retornaram, já que o montante de trigo valia dinheiro. Contudo, o que se tinha era uma saca torrada de trigo. Tudo pelo calor do sol.

    Ele atualmente é o deserto mais quente por ter sido nele constatada a temperatura mais quente na superfície da Terra. Claro que excluindo erupções vulcânicas. Em 2005, satélites verificaram que a temperatura nas areias do deserto chegaram a 70,7º C. Esse calor é o suficiente para fazer as proteínas dentro do seu corpo cozinharem. Qualquer ser humano não conseguiria sobreviver muito tempo neste calor infernal, literalmente. O consenso na medicina é de que o corpo não consegue aguentar muitas mudanças drásticas de temperaturas. Aos 42º C você já se sentiria mal, e seu corpo começaria a ter sintomas por não aguentar o calor. O recorde de sobrevivência foi de apenas vinte minutos, em uma temperatura bem superior a esta, porém não recomendamos tentar bater essa meta.

    Atacama_Deserto_Frio_Seco

    Em contrapartida, temos o deserto mais frio do mundo. O Lute, assim como o Saara são quentes, muito pela sua latitude, que é média. Além disso, não são tão altos com altitudes pouco expressivas. Essas características não são encontrados no Atacama, o detentor do título. Sua localização, ao lado da Cordilheira dos Antes, entre Peru, Argentina, Bolívia e Chile é privilegiada. Especialmente para os estudos da astronomia. A noite, além do frio de 0ºC e o ar muito frio, é considerado o local mais seco do mundo e onde há menos nuvens. Possibilitando assim a vista do Universo como poucos locais do mundo. A causa de sua secura se deve a dois fatores, a sua vizinha, a Cordilheira dos Andes e as correntes oceânicas.

    Vindas do Pacífico, a Corrente de Humboldt, bem fria choca-se com as correntes quentes vindas da área do Equador. Esse choca leva a formação de chuvas, mas que desaguam antes mesmo de chegar no deserto. Do outro lado, temos a Amazônia que poderia levar umidade ao Atacama, mas não consegue pela existência da barreira andina. Como a umidade não consegue ultrapassar a altitude, ela acaba se condensando e caindo do lado oposto do deserto. Assim, só sobraria a corrente do Pacífico para trazer vida, umidade e chuva. Porém, essa corrente é fria e não faz evaporar água alguma. Pelo contrário, pela altitude do deserto, ela só faz cair ainda mais a temperatura e o ar ser gelado.

    San_Pedro_Atacama_Deserto

    Porém, diferente da fornalha que é o Lute, o Atacama ainda assim consegue ter vida. Existe uma cidade dentro do deserto, São Pedro do Atacama, normalmente ponto turístico e obrigatório para aventureiros. A cidade tem até sua própria agitação noturna, mesmo tendo por volta de apenas três mil habitantes , algo como um simples vilarejo e estando a 2400 metros de altitude. Não possuindo cidades vizinhas, é chamada de oásis no meio do deserto. Para se chegar em São Pedro é necessário primeiro pegar um voo para Calama, uma cidade chilena. Depois, disposição para andar de carro por mais ou menos uma hora e meia. Aproveite para comprar um artesanato local, feito com lã de alpaca ou de lhama, conhecer a pequena igreja da cidade, ou simplesmente respire o ar místico que a cidade do Atacama tem a oferecer.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad