• Últimas Notícias

    Qual a Pirâmide Egípcia mais antiga?

    Piramide_Egito_Antigo

    Não, não é a Grande Pirâmide. A primeira dentre as primeiras é a Pirâmide de Degraus. Ou, se preferir, Pirâmide de Djoser. Sua autoria é do primeiro arquiteto conhecido, Imhotep, e marca o início da aurora egípcia.

    Construir pirâmides, ou prédios piramidais não é exclusividade dos egípcios. Os Babilônicos, ali perto, entre os rios Tigre e Eufrates também faziam. O mesmo com os maias e astecas na América Central. Os persas se juntam a esse grupo também. Recentemente, em 2016, um grupo de arqueólogos descobriu uma ruína de uma pirâmide no Cazaquistão. Similar as encontradas no Egito, o detalhe é que sua datação é de mil anos antes as da Terra do Faraó. Contudo, ela não vai ser considerada já que não se sabe nem mesmo que povo a construiu. E como destacado, a pergunta é sobre a pirâmide egípcia, então nos manteremos dentro do Egito Antigo. A majestosa terra governada pelos faraós. E que não era brancos como Hollywood adora dizer; e sim bem mais morenos.

    A primeira vista, você deve ter em mente a Grande Pirâmide, em Gizé. Marco da construção egípcia antiga, cartão postal do Egito e uma das maravilhas do mundo Antigo. Resiste até os dias de hoje, coisa que outras construções, como o Farol de Alexandria já não se pode observar. Contudo, mesmo sendo a maior de todas, ela não foi a primeira. Para chegar ao ápice de sua construção, os egípcios tiveram que se aperfeiçoar, e por isso, levaria um bom tempo para chegar numa pirâmide daquele tamanho. As suas primeiras sequer eram lisas, mas com degraus, bem parecidas com os templos de maias e astecas. É assim que é a primeira Pirâmide construída por eles.

    Piramide_Djoser_Antiga

    A construção da Pirâmide de Djoser é atribuída ao vizir deste Faraó, e colocado na história como primeiro arquiteto. O lendário Imhotep. Esqueça o filme da Múmia, pois Imhotep foi respeitado durante toda a sua história. Na verdade, foi um dos primeiros egípcios nascidos pobre a morrer com a pompa de quase divindade. Algo que somente os reis podiam ter. Djoser está no complexo de Saqqara, a nordeste de Mênfis, que a época era a capital do reino egípcio. A datação de sua construção remonta ao século XXVII a.C, entre os anos de 2.700 e 2.600. A Grande Pirâmide remonta a um período inferior a esse.

    Além de ser a construção que até o presente momento ostenta o título de mais antiga feita em pedra talhada. A Pirâmide de Djoser representa o alvorecer do Antigo Egito. Antes do reinado deste faraó, o Egito se mantinha a sombra de outras etnias, e o período criativo começa por esta construção da III Dinastia. Somente uma dinastia depois, com Quéops, Quéfren e Miquerinos, teríamos o complexo símbolo do poder egípcio para a posteridade. Sem dúvida alguma, os feitos de Djoser e Imhotep, mesmo que não diretamente, imortalizaram o Egito Antigo na história humana. Afinal, o que seria do Egito sem o seu símbolo máximo de poder?

    Restaurar_Piramide_Djoser


    Na sua construção, foi usado o conceito de mastaba. Nada mais são do que pedaços, fases da pirâmides com dimensões cada vez menor quanto maior se subia, criando degraus. Várias foram as tentativas iniciais, com reformulações e mudanças em sua estrutura. Quando terminou de ser construída, a Pirâmide de Degraus era revestida em pedra calcária branca polida, e tinha 62 metros de altura. Sua base apresentava as medidas de 109 por 125 metros. Relativamente pequeno se comparado com a de Queóps. Infelizmente, por problemas burocráticos, a Pirâmide se encontra em perigo de desaparecer. Afinal, passar mais de quatro mil anos sem nenhum tipo de reparo. Nem mesmo construções em pedra conseguem aguentar.

    Desde 2011, a imprensa local alertava as autoridades para a possível implosão da pirâmide. Isso poderia ocorrer pois seu interior estava desabando. Some-se a inexperiência da empresa contratada pelo governo local para restaurar o lugar. A cereja do bolo; um terremoto em 1996 abalou e fragilizou ainda mais a estrutura já deteriorada da construção. Com tudo isso, em especial com a empresa, que há nove anos vem tentando restaurar sem conseguir resultados, é provável que não teremos mais a pirâmide egípcia mais antiga do mundo por muito tempo. Não estou sendo pessimista, mas apenas realista. É como se o ser humano simplesmente desistisse de seu passado e deixasse ao relento.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad