Sodoma e Gomorra, as cidades destruídas da Bíblia.

Sodoma e Gomorra foram destruídas por meio do fogo e do enxofre. Pelo menos é isso que a Bíblia diz. Contudo, a ciência cada vez mais coloca uma confirmação nessa história, através de um devastador asteroide.

Sodoma_Gomorra_Destruicao_Biblia

Não precisa ser cristão, mas pelo menos metade dos habitantes da Terra conhecem essa história. No passado, duas cidades existiam em um vale de grandes planícies, chamado de Sidim. Contudo, esta área foi conquistada e seus espólios pegos pelo rei Querdolaomer, de Elão. As cidades eram Sodoma e Gomorra. Outras estavam perto como Admá e Zebolim. Contudo, mesmo que professassem fés distintas, por um momento a coexistência persistiu entre os locais, Abraão e seu sobrinho, Ló. Mesmo assim, os sodomitas não eram vistos como pacíficos, pelo contrário, eram cruéis com forasteiros. Algumas tradições rabínicas os chamam de "sanguinários", "pecadores" e "blasfemos", "ganancioso" e "soberbos". Ou seja, praticamente com nenhum aspecto positivo. Hoje em dia, o termo sodomita simboliza alguém pederasta, voltado ao pecado da luxúria. A Bíblia destaca em Gênesis que um grupo de homens tenta forçar uma mulher a ter uma relação grupal forçada. É dessa passagem em especial que se atribui a destruição dessas cidades.

Embora não seja ponto de encontro, é normal acreditar que o pecado de Sodoma e Gomorra também inclua a homossexualidade. Não padecendo deste ponto de vista, mas se retornarmos ao período em que os textos de Gênesis e Levíticos foram produzidos, a sociedade considerava a relação de pessoas do mesmo sexo um ato abominável. Mesmo que, se tratando de Sodoma, o Gênesis não fale nada, apenas sobre a sua destruição e pecados de modo geral, é em Levítico que essa passagem ganha força. Em 18:22, a palavra "abominação" é usada para um homem que se deita com outro homem. Em Ezequiel, esse mesmo termo é usado para a iniquidade de Sodoma, que produziu aberrações diante de Deus. Outras partes da Bíblia mantém esse pensamento, e uma vez mais, o termo "sodomita" que vem da cidade destruída também é utilizado para quem tem relacionamentos homossexuais.

Sodoma_Gomorra_Destruicao_Biblia

Voltando a história, Deus então fica irado com os pecados cometidos pelos habitantes dessas cidades. E por isso, envia dois de seus anjos para avisar a Ló que elas seriam destruídas. Mesmo conseguindo atrasar a destruição das cidades diversas vezes, Ló leva suas filhas e sua esposa, que olha para trás quando a cidade estava sendo destruída por fogo e enxofre. Ela acaba virando uma pedra de sal pois antes de sua partida, os anjos afirmaram que jamais, sob nenhuma hipótese eles poderia olhar para aquela destruição. E assim, com fogo caindo do céu, as duas cidades foram dizimadas para o nada, pondo fim a pederastia daquele povo. Essa é a história conhecida, mas como qualquer coisa na Bíblia passa por um critério de aceitabilidade. Da mesma forma que outros livros sagrados, nem sempre tudo que está explicitamente declarado possui confirmação científica e arqueológica. Não é o caso de Sodoma e Gomorra. O fogo caindo do céu, pelo menos em parte, é verdade.

Essa relação ganhou força com a descoberta de uma peça de argila em 2008. Construída em sumério e analisada pela Universidade de Bristol, verificou-se que o "planisfério" datava da noite de 29 de Junho de 3.123 a.C no antigo Calendário Juliano. Em parte desses achados, sugere-se que um asteroide teria passado pela região do Mar Morto, do Egito e do Mediterrâneo e batido diretamente nos Alpes, onde hoje é a Áustria. O problema é que a trajetória do asteroide foi rente ao chão, não acontecendo nenhuma cratera de impacto. Contudo, o calor produzido pela bola de fogo supersônica foi capaz de incinerar tudo ao seu redor em 4.000ºC. O rastro de destruição passou pelo Oriente Médio, pelo Monte Sinai no Egito até chegar no destino final. Com isso, a afirmação de que "fogo e enxofre desceram do céu e devastaram Sodoma, Gomorra, toda a campina em volta e a vida que nela brotava" ganha um aceno científico.

Sodoma_Gomorra_Destruicao_Biblia

Antes do planisfério ser descoberto, em 1990, arqueólogos foram até a Jordânia em busca da antiga cidade de Sidom, o nome original de Sodoma. Encontraram um grupo de construções hoje chamada de Tall el-Hammam. No meio do desafio de encontrar evidências de que aquela era realmente a Sodoma bíblica, o grupo revelou parte de seus achados em 2013 e 2018. Nesta última data, foi possível detectar construções em argila danificadas, sob a forma cristalizada. O problema que, para se obter essa forma específica, era necessário uma temperatura muito alta e um impacto considerável. Então, juntando-se ao planisfério sumério, os arqueólogos também identificaram a possível causa como a explosão de um asteroide na região de Canaã. Para isso, também compararam com o evento de Tunguska, na Sibéria russa no início do século XX. E não deu outra, o resultado foi o de um astro extra terrestre caindo sobre a região.

Já por uma outra ponta de estudos, o asteroide ainda continua sendo a causa principal. Contudo, ele teria explodido antes de chegar ao solo, nas proximidades do Vale de Sidim, onde ficavam as cidades relatadas na Bíblia, Com a explosão que fritou literalmente qualquer coisa em um raio de 500 quilômetros, um tsunami foi produzido no Mar Morto. Isso inundou o vale, levando água salgada para uma terra que antes era um paraíso. Demorou quase 700 anos para que esse local fosse novamente habitado. Mesmo assim, existe um ceticismo pela história bíblia já que Sodoma e Gomorra só tem seus nomes revelados neste texto, e mais nada. Porém, a cidade de Zoar, a única a escapar da destruição existiu ainda por um bom tempo. Ficando as margens ao Sul do Mar Morto, ela protegeu Ló e sua família, e pela tradição bíblica, por isso foi poupada. Tal cidade também é conhecida como Bala ou Segor.

Pois então, Sodoma e Gomorra (Sodom e Amorah) podem nem ter existido com esse nome. Porém, é interessante notar quando a religião e a ciência conseguem chegar em resultados similares. Alguns podem falar na presença de Deus, outros podem relatar a azar de um asteroide. Porém, ambas as histórias chegam a um desfecho em comum. Em algum momento de três mil anos atrás, na região do Jordão, uma catástrofe aconteceu. Ela foi escrita na Bíblia a seu modo, e aos poucos a comunidade científica eleva sua credibilidade.

Fontes:
BBC Brasil
Revista Galileu (Parte I)
Revista Galileu (Parte II)
O Globo

COMMENTS

BLOGGER: 4
  1. Herege, como assim você não acredita na Bíblia? Não há necessidade de provas da ciência para o que está escrito nela não. É a sua opinião, não quer dizer que seja verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado, obrigado pelo comentário. Olha, respeito a sua opinião, contudo, não acha que quando a ciência confirma alguma coisa dita pela Bíblia ou por qualquer outro livro sagrado na Terra não é interessante? Quando se faz trabalhos acadêmicos, quanto mais fontes confirmarem o evento, mas ele tem credibilidade. É dessa forma que observo.

      Excluir
    2. Vitor Hugo. Link da pesquisa cientifica nada né? AS cidades existem mesmo. A biblia usa fatos reais e mistura contos de fadas para se "autenticar" isso já foi feito em incontáveis religiões bem mais antigas que hoje chamamos de "Mitologia". O Oraculo de Delfos é uma dessas coisas reais que existem mas não prova a existência de Zeus.

      Excluir
    3. Olá, tudo bem? Obrigado pelo tempo que destacou para ler. Quanto ao link das pesquisas científicas, atualizarei o post para se adeque, tudo bem?

      Quanto ao seu desfecho, concordo. Não quer dizer que prove a existência de Deus não. Contudo, o amparo científico é sim interessante, em especial no contexto das cidades desse post. O Jardim Suspenso da Babilôna é considerado uma Maravilha do Mundo Antigo e até hoje não foi encontrado arqueologicamente falando (se for me passa!). A Arca de Noé é creditada ter pousado no Monte Ararat mas nem por isso tem alguma coisa nesse monte entre a Turquia e a Armênia. Logo, Sodoma e Gomorra poderiam muito bem não ter existido, ou até mesmo nem terem estes nomes de fato. Poderiam ser histórias que ao passarem de geração para geração, foram se modificando.

      Pode não ser a personificação da presença divina, mas tal acontece, a destruição pode ter sido usado e lido pra passar essa informação. Mais uma vez, obrigado.

      Excluir

Nome

Análise,2,Ásia,1,Ciência,13,Culinária,1,Curiosidades,69,Educação,15,Filmes,10,História,14,Iêmen,1,Islândia,1,Israel,4,Jogos,12,Mitologia,11,Mundo,1,Nintendo,1,Palestina,1,Patrocinado,1,Pokémon,1,Política,1,Religião,8,Séries,12,Suméria,1,Viagens,13,
ltr
item
O Curioso Mundo de Vítor Hugo: Sodoma e Gomorra, as cidades destruídas da Bíblia.
Sodoma e Gomorra, as cidades destruídas da Bíblia.
Sodoma e Gomorra foram destruídas por meio do fogo e do enxofre. Pelo menos é isso que a Bíblia diz. Contudo, a ciência cada vez mais coloca uma confirmação nessa história, através de um devastador asteroide.
https://3.bp.blogspot.com/-l0_0UQiOpgg/XGByzo75dCI/AAAAAAAAKhk/8LDxN4vf42AaIRJ_CCUT934VxwIdo1v8wCLcBGAs/s640/Sodoma_Gomorra_Destruicao_01.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-l0_0UQiOpgg/XGByzo75dCI/AAAAAAAAKhk/8LDxN4vf42AaIRJ_CCUT934VxwIdo1v8wCLcBGAs/s72-c/Sodoma_Gomorra_Destruicao_01.jpg
O Curioso Mundo de Vítor Hugo
https://www.mundovh.com/2019/02/sodoma-gomorra-destruidas.html
https://www.mundovh.com/
https://www.mundovh.com/
https://www.mundovh.com/2019/02/sodoma-gomorra-destruidas.html
true
4458632588204771738
UTF-8
ENCONTRANDO TODOS OS POSTS Not found any posts VEJA TODOS Leia Mais Reply Cancel reply Delete Por Início PÁGINAS POSTS View All RECOMMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVOS BUSCAR TODOS OS POSTS Infelizmente, não encontramos sua pesquisa Retorne ao Menu Principal Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy