A Tsar Bomba foi sem dúvida, uma das criações mais mortais da humanidade!

A Tsar Bomba foi a mais poderosa arma criada pela humanidade, pelo menos a que se tem notícia. Filha única e prodígio da URSS, sua explosão foi o equivalente a mil bombas de Hiroshima. Ainda bem que ela era pesada demais!

A Tsar Bomba foi a mais poderosa arma criada pela humanidade, pelo menos a que se tem notícia. Filha única e prodígio da URSS, sua explosão foi o equivalente a mil bombas de Hiroshima. Ainda bem que ela era pesada demais!

tsar_bomba


O ser humano tem uma tendência para a guerra. Desde a Antiguidade, desenvolver equipamentos e táticas contra o inimigo tem tirado o tempo de muita gente. Só que foi no século XX que a ideia de "destruição em massa" ganhou uma nova categoria. Os nazistas começaram projetos em que átomos eram repartidos, em uma reação em cadeia. Descontrolando essa reação, uma bomba poderia varrer uma cidade inteira, e deixaria rastros. Uma enorme quantidade de radiação ficaria no lugar, matando os sobreviventes e suas futuras gerações aos poucos. Aqui se encontrava o início da bomba atômica. Mas que só foi usada de fato pelos Estados Unidos nas cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki em 1945. Contudo, não é dos Estados Unidos o prêmio de ter inventado a mais mortal de todas as bombas atômicas. Esse mérito destruir fica a União Soviética, em plena época de Guerra Fria.

Na sua criação, a Tsar Bomba tinha uma novidade. Era um nível acima de todas as outras já testadas. Normalmente, bombas atômicas usam a fissão nuclear, ou seja, a quebra dos átomos de urânio, plutônio ou elementos similares. Uma bomba termonuclear, ou de hidrogênio na verdade faz uma fusão como primeiro passo. Isso quer dizer que ela une átomos de hidrogênio formando hélio, algo similar ao visto no Sol. A energia liberada é superior a de uma fissão, mesmo que depois de uma fusão rápido, os átomos comecem a se repartir. Logo, a quantidade de energia em média, é cerca de 1.000 vezes maior. Se você já viu a devastação que foi Hiroshima, pense em uma bomba com mil mais potência do que aquela. Essa era a Tsar Bomba.

tsar_bomba



Em homenagem sarcástica ao Czar Ivan IV, o Terrível, a bomba produzida pela União Soviética era o terror encarnado. Se o czar construtor da Basílica de São Basílio mandou cegar o arquiteto, a bomba tinha seu lado maléfico. Sua explosão, pelos cientistas que a criaram tinha o mesmo poder do que todas as bombas usadas na Segunda Guerra Mundial multiplicada em dez. Já a radiação que ela deixaria na atmosfera seria a soma de tudo que já foi detonado desde que o ser humano conheceu uma arma atômica.

Com a chegada ado grande dia, as forças armadas russas levaram a Tsar para seu destino final. Uma ilha na Baía de Mityushikha, no Círculo Polar Ártico. Essa localidade já era usada como campo de testes nucleares desde que a União Soviética desenvolveu armas. Seu lançamento ocorreu a 10,5 km do solo, e ela foi detonada a 4 km antes de chegar a Terra. Ou seja, seu efeito também foi amenizado, pois ela não tocou o solo para explodir. Todos estes fatores diminuíram sua potência, mas ela ainda se tornou a maior explosão nuclear já vista na história humana. Sismógrafos em Estocolmo, na Suécia registraram a explosão como um tremor de terra. Partes da Finlândia puderam ver a enorme nuvem de cogumelo formada pela explosão.

Mais do que poder bélico de fato e de direito, a Tsar Bomba ficou pop. Pelos menos para os soviéticos, que a usaram exaustivamente como marca de propaganda. Agora, os Estados Unidos tinham a certeza que seus rivais detinham um poder até maior do que o deles em matéria nuclear. Basta verificar os números. Primeiro, a Tsar deveria ter 100 Megatons, mas era impossível criar um bomba assim sem ter reflexos em território soviético. Por isso, ela foi diminuída pela metade, mas mesmo assim sendo considerada uma ameaça notável. Seu raio de explosão chegou a 2.300 km de seu núcleo. O lançamento mais poderoso estadunidense foi o de Castelo Bravo, com 1.420 Km. O único momento de uso dessas armas em uma história, só para comparar, teve raio de apenas 1 km. Isso é o que a Fat Man atacou a cidade de Nagasaki em Agosto de 1945.

tsar_bomba

Diante de todo o poder destrutivo, era de se pensar o medo que o mundo passava. De que duas potências nuclearmente armadas se destruíssem. O lançamento da Tsar Bomba ocorreu em 1961, apenas um ano antes do pior momento da Guerra, a Crise dos Mísseis. A Tsar Bomba foi filha única e por ser tão pesada, não dava para encaixar em mísseis intercontinentais. Se quisessem destruir algum centro urbano, teriam de levar um avião projetado exclusivamente para seu lançamento. Por estes problemas de locomoção, a teoria de que essa explosão se valeu mais como propaganda política, junto com o ambiente de guerra silencioso da década de 60 do século XX ganha força. Ninguém em sã consciência gastaria tempo e dinheiro se não fizesse uma arma que podia ser usada. A não ser que a proposta nunca fosse que ela seria usada. Mas sim mostrada para toda a humanidade.

Após a derrocada dos regimes comunistas, os Estados Unidos viraram o chefão do mundo. Mesmo assim, a Rússia atual e outros países ainda mantém seus arsenais nucleares. Não que tenha o poder de destruição única da Tsar Bomba, mas podem destruir a humanidade se assim o quiserem. Alemanha, França, Paquistão e Índia também estão entre os que já disseram abertamente ter armas nucleares. Só que com o perigo que a comunidade internacional viu destas armas, elas foram deixadas de lado para outras mais modernas. Agora, existem armas chamadas de "Pai" e "Mãe" de todas as bombas. São armamentos não nucleares, e assim podem ser usadas em guerras. Porém,  seu poder de destruição é gigantesco se comparado com armas convencionais. Se por um lado o mundo deixou as armas nucleares, por outro eles sempre conseguem inventar algo. E justamente que possa causar o máximo de destruição.


PS: Matéria publicada originalmente na versão em WordPress deste site.

COMMENTS

Nome

Análise,2,Ciência,9,Culinária,1,Curiosidades,60,Educação,14,Filmes,9,História,11,Jogos,10,Mitologia,8,Patrocinado,1,Política,1,Religião,5,Séries,10,Suméria,1,Viagens,10,
ltr
item
O Curioso Mundo de Vítor Hugo: A Tsar Bomba foi sem dúvida, uma das criações mais mortais da humanidade!
A Tsar Bomba foi sem dúvida, uma das criações mais mortais da humanidade!
A Tsar Bomba foi a mais poderosa arma criada pela humanidade, pelo menos a que se tem notícia. Filha única e prodígio da URSS, sua explosão foi o equivalente a mil bombas de Hiroshima. Ainda bem que ela era pesada demais!
https://1.bp.blogspot.com/-tMEst5Axd0U/XPRomyfw0YI/AAAAAAAAK9k/H5vxMZ6eTL0c1ggKXPMiF9G-WpKQjhzAQCLcBGAs/s640/Tsar_Bomba.jpeg
https://1.bp.blogspot.com/-tMEst5Axd0U/XPRomyfw0YI/AAAAAAAAK9k/H5vxMZ6eTL0c1ggKXPMiF9G-WpKQjhzAQCLcBGAs/s72-c/Tsar_Bomba.jpeg
O Curioso Mundo de Vítor Hugo
https://www.mundovh.com/2019/06/tsar-bomba-maior-mundo.html
https://www.mundovh.com/
https://www.mundovh.com/
https://www.mundovh.com/2019/06/tsar-bomba-maior-mundo.html
true
4458632588204771738
UTF-8
ENCONTRANDO TODOS OS POSTS Not found any posts VEJA TODOS Leia Mais Reply Cancel reply Delete Por Início PÁGINAS POSTS View All RECOMMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVOS BUSCAR TODOS OS POSTS Infelizmente, não encontramos sua pesquisa Retorne ao Menu Principal Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy